Appropriation

Na cidade, uma rua

Resumo

Este trabalho estuda Goiânia a partir de seus bairros. Visa elaborar uma versão de sua história mesclando aspectos arquitetônicos, urbanísticos e antropológicos. Essa abordagem se sustenta pelo entendimento da cidade como forma e conteúdo, como artefato ou obra de arte, desdobrada em lugar de vivências e de sentimentos, em ininterrupta interação. Portanto, aos aspectos morfológicos da cidade, sobrepõe-se o reconhecimento das relações que a moldam. Objetivando privilegiar o cotidiano, elegemos como interesse da pesquisa a principal avenida da cidade, a Av. Goiás. Eixo cívico da cidade que interliga o Palácio das Esmeraldas, sede do governo estadual, à antiga estação de trem da Estrada de Ferro Goiás, essa avenida foi traçada no sentido Norte-Sul, à semelhança de um Cardus Maximum. De antigo lugar de footing a espaço ocupado pelas grandes manifestações políticas, a história dessa rua, de suas modificações morfológicas e de sua ocupação, traduz o dia a dia da capital de Goiás ao longo de seus oitenta anos.

 

Abstract

This paper analyses the city of Goiânia, capital of Goiás State, through its neighbourhoods, seeking to formulate a version of its history that blends architectural, urban, historical, and anthropological aspects. Underlying this approach is the concept of city as form and content, as an artefact or work of art that unfolds itself as a place of experiences and feelings, in an everlasting interaction. The city’s morphological aspects, therefore, are superimposed by an awareness of the relations which shape it. To privilege daily life, this study elected Avenida Goiás, Goiânia’s main avenue, as the object of analysis. The avenue, which stands as the city’s civic axis linking Palácio das Esmeraldas, home to the state government, and the old train station of Estrada de Ferro Goiás, was designed following a north-south orientation, similarly to a Cardus Maximum. From its former status as a place for footing to its current backdrop for massive political manifestations, this street, in its morphological changes and occupation, offers a particular view of Goiânia’s daily life in the past 80 years.