Território

Nesta sessão temática entende-se o território como noção fundamental, considerado não tanto como uma escala dimensional determinada mas como termo polissêmico que articula relações entre espaços, políticas e identidades. O território envolve apropriação de espaços para estabelecer efetivo domínio, mas também pode se referenciar numa construção simbólica, expressiva de um determinado imaginário temporalmente localizado. Aqui se incluem os trabalhos que discutam os significados do território e os processos sociais e práticas que levam à sua criação, ocupação e transformação.

Palmas/TO: lugar central ou enclave no Centro Norte do Brasil?

Resumo

Este artigo analisa a relação da cidade de Palmas/TO com a rede urbana do Estado do Tocantins, e com as microrregiões limítrofes do Maranhão e Pará, seguindo esta hipótese: a capital tocantinense é um lugar central, explicado pelo postulado de Walter Christaller, ou é desprovido de qualquer relação espacial na sua região - enclave. Para a realização desta pesquisa, utiliza-se o Índice de Herfindahl-Hirschman para compreender a estruturação desta rede, observando o nível de concentração de serviços nesta região. Os resultados mostram que Palmas exerce o poder de comando a um pequeno grupo de municípios — Paraíso, Porto Nacional e Miracema, tendendo a aumentar a sua área de influência para as demais localidades situadas ao redor de Gurupi, no sudoeste do Estado. Portanto, a capital do Tocantins não é um enclave, porém, não se encaixa no conceito de lugar central à nível macrorregional — Centro Norte.

Abstract

This article examines the relationship of the city of Palmas/TO with the urban network of the State of Tocantins, and the neighboring microregions of Maranhão and Pará, According to this hypothesis: Tocantins capital is a central place, explained by the postulate of Walter Christaller, or is devoid of any spatial relationship in your area - enclave. For doing this study, we use the Herfindahl-Hirschman Index to understand the structure of this network by observing the level of concentration of services in this region. The results show that Palmas exercises power to command a small group of municipalities - Paraíso, Porto Nacional and Miracema, tending to increase your area of influence to other localities around Gurupi in the southwest of the state. Therefore, the capital of Tocantins is not an enclave, however, does not fit the concept of central place to macro-regional level — Centro Norte.

Urbanização em Goiás no século XIX: o Caso de Planaltina

Resumo

Este trabalho estuda o processo de urbanização de Planaltina, arraial goiano estabelecido na primeira metade do século XIX. Dotada de uma malha em forma de retícula irregular, Planaltina desmente diversos cânones da história da urbanização vernácula brasileira, tais como a escolha do sítio, proporções de lotes e densidade de ocupação: foi edificada num vale, com lotes largos e rasos, amplos afastamentos laterais e pouco controle sobre o alinhamento das edificações à testada do lote. Comparam-se essas características com os padrões típicos de arraiais setecentistas, ressaltando transformações no modo de apropriação do sítio urbano no período que se segue ao ciclo do ouro. A partir do início do século XX, verifica-se um processo de adensamento urbano e subdivisão de lotes, intensificado devido à pressão demográfica e imobiliária causada pela transformação de Planaltina em cidade satélite de Brasília.

Abstract

This paper examines the patterns of urbanization in Planaltina, a town founded during the period of economic slump in Goiás state comprised between the decline of gold mining in the late eighteenth century and the construction of the new state capital, Goiânia, in the 1930s. Laid out on a rough grid sometime after 1811, this town belies several key concepts of the “canonical” Portuguese-Brazilian city, such as site selection, lot proportion, and density: it was built by a valley, with wide and shallow lots having ample side yards, and its houses are often misaligned. These features are compared with eighteenth-century towns in central Brazil, highlighting general changes in urban patterns after the collapse of the gold-mining economy in the region. Starting in the early twentieth century, infill begins to occur, with lots being subdivided either lengthwise or breadth wise, as well as changes in the historic centre brought about more recently by the demographic and economic effects of planned extensions to the city.

A espacialidade da morte na cidade colonial Marechal Deodoro, Alagoas

 

A ESPACIALIDADE DA MORTE NA CIDADE COLONIAL MARECHAL DEODORO, ALAGOAS

Eixo Temático: Território Resumo

O artigo aqui apresentado pretende discutir como práticas e rituais funerários,

Páginas